Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Categories

Edit Template

MP recebe denúncia dos vereadores contra prefeita de Emas, Anete Loureiro, por improbidade administrativa de acordo com a Lei 576/2022; veja

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) acatou uma denúncia promovida pelos vereadores de oposição da Câmara Municipal de Emas contra a prefeita Anete Loureiro, a respeito de uma possível improbidade administrativa cometiva pela gestão. O MPPB vai investigar a denúncia impetrada pelos parlamentares ao analisar as provas e demais documentos apresentados ao órgão. 

A prefeita Anete Loureiro está sendo investigada por descumprir o que determina o Projeto de Lei 576/2022, que foi aprovado com emenda pela Câmara, e a prefeita sancionou a Lei SEM a emenda para utilizar, por meio de Decreto, sem a autorização do Poder Legislativo, o valor de R$ 2 milhões 664 mil sem a devida autorização dos parlamentares. 

A Câmara entrou com recurso junto ao MPPB e a promotoria vai investigar a atitude da prefeita, que, caso se confirmem as informações apontadas, configura o ato de improbidade administrativa.

A mesma Lei em questão é objeto de outra ação judicial com relação à prestação de contas da prefeita Anete, sobre um recurso de reconsideração apresentado pela Câmara de Emas no Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), que já está investigando os fatos narrados pelos parlamentares de oposição.

De acordo com o presidente da Câmara, Saturnino Azevedo, a prefeita buscava praticar a convalidação de uma Lei, induzindo os vereadores ao erro. 

A denúncia foi levada ao conhecimento do MPPB através dos vereadores Saturnino Azevedo Xavier, presidente da Câmara; João Herculano de Araújo, Luiza Silvestre Ferreira Pontes, Severino Ferreira Neto e José Gomes Filho.

“Tramita nesta Promotoria de Justiça a Notíciade Fato nº 035.2023.000082 instaurada para investigar a aprovação de Lei Municipal 576/2022 sem as emendas aprovadas em plenário da Câmara Municipal em Emas/PB.[…] Considerando que, caso os fatos ora narrados sejam demonstrados no curso destes autos, podem configurar possível ato de improbidade administrativa, nos termos da Lei nº 8.429/92. O MPPB resolve instaurar o presente INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO a fim deinvestigar o fato acima descrito, com fulcro no arcabouço jurídico em referência”, diz trecho do documento do órgão.

Veja o documento na íntegra em anexo:
 Clique aqui para baixar Inquérito Civil-035-2023-000082-1-6

Compartilhe:

vozpb.online

Redator

A Paríba tem voz

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VozPB

Redator

A Paraíba tem Voz

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Join the family!

Sign up for a Newsletter.

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.
Edit Template

© 2024 Todos os direitos reservados